Notícias do Sport Club Internacional - últimas informações, contratações, entrevistas, escalações, onde assistir e muito mais. Site feito de torcedor para torcedor

A Tragédia incessante do Internacional nos últimos anos

Entre quase vitórias e perdas cruéis: O sofrimento perpétuo do Internacional desde 2016

Ser torcedor do Internacional nos últimos anos tem sido uma verdadeira montanha-russa de emoções, mas de um tipo que nenhum fã de futebol desejaria. Um colega botafoguense, Daniel Braune jornalista e influencer  expressou isso com maestria. Ele entende de sofrimento futebolístico, mas mesmo para ele, a saga Colorada é um capítulo à parte.

Desde o último título conquistado em 2016, o Inter enfrentou uma série de desafios. O rebaixamento para a segunda divisão foi uma dor inédita para um clube com história sólida. O retorno à elite veio, mas como vice-campeão da série B, não como campeão absoluto. E aí, enquanto o time lutava para se reafirmar, viu o rival erguer a taça da Libertadores pela terceira vez, o que deve ter sido um golpe e tanto.

Veja mais notícias do Internacional:

Os Grenais têm sido uma história de domínio rival. No campeonato gaúcho, o Inter não vence há quase uma década, enquanto o Grêmio acumula títulos. E nos campeonatos nacionais, parece que o Inter se tornou o eterno vice. Em 2018,chegou a liderar o Brasileirão, mas ficou em terceiro. Em 2019, a Copa do Brasil escapou diante do Atlético Paranaense, e em 2020, a vantagem no Brasileiro foi desperdiçada, perdendo para o Flamengo.

Em 2023,  o Inter amargou ficar de fora da final do campeonato estadual e, na Libertadores, viu chances claras de gol desperdiçadas. O jogo que parecia levar à final tornou-se uma derrota cruel contra o Fluminense.

O drama do Internacional é de longo tempo.

E agora, a equipe está perigosamente próximo da zona de rebaixamento no Brasileirão. É uma sucessão de perdas dolorosas, nos detalhes, em competições importantes. Não é apenas sobre Grenais perdidos ou ausência de títulos, mas sim sobre o sofrimento contínuo, sobre quase chegar lá e ser novamente privado da glória.

Ser torcedor do Internacional nesse período não é apenas acompanhar o time do coração, é viver uma novela de incertezas, dores e quase sucessos. Para alguém como Braune, um botafoguense veterano no sofrimento futebolístico, o que os colorados têm vivido desde 2016 é algo que vai além de qualquer descrição de sofrimento.

Saudações Coloradas

J.A.Fernandes

Comentários estão fechados.